Os 11 Melhores Filmes de 2016!

11º Lugar- Star Wars: Rogue One

Apesar de contar uma história que tem seu desfecho já conhecido se você tem o mínimo de conhecimento da saga, o filme surpreendeu pela eficiência na execução de sua narrativa. Com personagens tão bons quanto os grandes nomes da série, Rogue One é definitivamente um filme de guerra. Possui um tom diferente dos outros filmes e encante por seu ato final, com bastante ação e drama.

Leia nossa crítica do filme clicando AQUI.

 

10º Lugar- Ele Está De Volta

Sinopse: Baseado no livro de mesmo título, Adolf Hitler acorda em um terreno baldio em Berlin, no ano de 2011, sem memória alguma do que aconteceu depois de 1945. Perdido, ele se vê em uma sociedade completamente diferente, onde não há partido nazista, a guerra e o país é governado por uma mulher. Partindo de uma premissa meio bizarra, mas estranhamente funcional, Ele Está De Volta é uma comédia hilária que brinca com nossa realidade e ainda nos faz refletir como coisas que poderiam ter acontecido no passado influiriam com nossa realidade.

 

9º Lugar- Capitão Fantástico

Talvez um dos filmes mais emotivos de sensíveis de 2016, ele conta a história de um pai que leva seus 6 filhos para serem criados isolados da sociedade. Ensinando-lhes sobre literatura, educação, sobrevivência e leis. Além de contar com uma boa narrativa e distribuir bem o tempo de tela de seus vários personagens, o filme provoca seu espectador em relação à como nós seres humanos encaramos nossas próprias definições de valores éticos.

 

8º Lugar- Os Oito Odiados

Depois de Djando Livre (2012), provavelmente as pessoas pensariam que Tarantino fosse fazer um filme ainda mais grandioso, mas na verdade o diretor fez o caminho contrário e nos traz um suspense que se passa quase inteiramente dentro de uma cabana. Com seus típicos personagens hilários, e seus diálogos sempre bem sacados e certeiros, Os Oito Odiados mostra mais uma vez que Tarantino é um dos diretores mais talentosos das últimas décadas.

 

7º Lugar- A Bruxa

O representante de um ótimo ano para o terror que foi 2016, A Bruxa prima pela construção de uma clima tenso e soturno. Com uma fotografia lindíssima e funcional, o estreante na direção Robert Eggers mostra que um filme de terror pode fugir dos já saturados sustos gratuitos e construir uma obra crescente, que preze pelo bom roteiro e diálogos envolventes.

 

6º Lugar- O Regresso

Apenar 1 ano após vencer dezenas de prêmios com Birdman, o diretor Alejandro González Iñárritu já retorna com outro filme de alto nível. Com uma produção de difícil realização, O Regresso é uma experiência visceral e encantadora ao mesmo tempo. Trazendo vários planos-sequência com bastante ação e coreografias, o filme ainda foi o responsável por dar á Leonardo Dicaprio seu primeiro e tão aguardado Oscar de atuação.

 

5º Lugar- O Quarto De Jack

A maior surpresa do início de 2016 prende o espectador pela emoção e sensação de claustrofobia. Contando uma história emocionante e tocante, O Quarto De Jack é um verdadeiro soco no estômago em sua primeira metade. Dando interpretações tão fortes quanto seu tema, Brie Larson E Jacob Tramblay se destacam e tornaram-se as maiores revelações de atuação em 2016.

 

4º Lugar- Aquarius

O representante brasileiro e muito bem colocado não apenas na nossa lista como em listas gringas. Aquarius tem como principal qualidade, além de seus outros aspectos técnicos a atuação fortíssima da sua protagonista Sônia Braga. Clara é possivelmente a personagem feminina mais significativa de 2016, pois a força e determinação da personagem em não ceder às propostas e provocações da construtora é notável.

 

3º Lugar-  Hardcore: Missão Extrema

Esse filme é o responsável por mostra que para as adaptações de filmes baseados em games deem certo, basta respeitar sua linguagem de origem. E o mais espetacular é que Hardcore: Missão Extrema não é baseado em nenhuma obra dos jogos eletrônicos.

Leia nossa crítica desse filme clicando AQUI.

 

2º Lugar- Spotlight: Segredos Revelados

Um filme em que a história é muito mais importante do que a forma como ela é contada, forma bastante popular no cinema clássico. Spotlight ainda nos traz uma direção segura e sem firulas de  Tom McCarthy, um roteiro bem construído e um trabalho de elenco bastante coeso, encabeçado por nomes como  Michael Keaton, mark Ruffalo e Rachel McAdams.

 

1º Lugar- A Chegada

Se havia alguma dúvida se o diretor Denis Villeneuve irá segurar bem a onda na continuação do clássico Blade Runner (1982), com a Chegada essas dúvidas desapareceram completamente. O filme é muitíssimo eficiente em praticamente todos os aspectos, principalmente em seu visual e fotografia. Será com toda certeza um dos favoritos ao Oscar em todas as categorias, e pode ainda dar à Villeneuve mais estofo para seus projetos futuros.

 

E para você? quais os melhores filmes de 2016? Comente abaixo e não esqueça de curtir nossa página no facebook!

Comentários no Facebook