As 5 Melhores séries de 2016!

Antes de tudo, gostaria de lembrar que não consegui assistir todas as séries de 2016, então se você sentir falta de alguma produção, possivelmente o motivo seja que eu não a tenha assistido. Com exceção de Game Of Thrones, que mesmo tendo assistido, achei que ela está longe de figurar entre as melhores.

5º Lugar- Vinyl (1º Temporada)

Você deve estar pensando agora: “como que uma série que foi cancelada após sua primeira temporada figura em uma lista de melhores séries do ano????”. A verdade é que Vinyl foi a série mais injustiçada de 2016, e o fato dela ter sido cancelada nada tem a ver com sua qualidade, e sim com seu alto custo de produção para o pouco público que a série conseguiu. E esse pouco público talvez justifique-se pelo fato da série não ser de fácil assimilação. Afinal, estamos falando de uma série que passa-se em uma gravadora de artistas de rock em pleno ano de 1973. Feita por gente que realmente entende do assunto e viveu a época (Mick Jagger e Martin Scorsese), a série não conseguiu atingir um grande público talvez por não se basear em suspenses baratos, referências de fácil identificação ou lutas de espadas com dragões cuspindo fogo. Junte isso ao fato da HBO parecer estar gastando todos seu orçamento com Game Of Thrones (tanto pode ser verdade que nem tentaram fazer uma 3º temporada de True Detective). Vinyl é um daqueles casos de série que tem qualidade, mas não atrai público por ser uma série de nicho.

 

4º Lugar- Penny Dreadful (3º Temporada)

John Logan surpreendeu todos ao fim do último episódio da terceira temporada de Penny Dreadful quando anunciou que aquele seria o fim da série. Gerando revolta dos fãs, que reclamaram do final apressado e mal explorado. Verdade seja dita: com excessão do final, que realmente foi abaixo do esperado, a série vinha fazendo talvez a sua melhor temporada. Depois de separar seus protagonistas no final do segundo ano, a série explorou bem suas personalidades e não demorou muito para uni-los novamente. Com um foco muito maior na Vanessa Ives, mas não esquecendo de Ethan Chandler e (nome do pesonagem do frankenstein), Penny Dreadful se foi e deixou os fãs de terror orfãos de uma série tão elegante e bem produzida.

 

3º Lugar- Black Mirror (3º Temporada)

A espera pelo retorno da série era muito grande. Com duas primeiras temporadas bem curtas (três episódios, cada), após ter seus direitos comprados pela Netflix e ter uma nova temporada mais longa (seis episódios), muita gente desconfiou que ela pudesse manter a alta qualidade. E se seu terceiro ano não consegue igualar os dois primeiros, ao menos consegue manter-se super relevante e provocativa. Sempre abordando as consequências que o excesso de tecnologia pode causar no ser humano. Com algumas histórias memoráveis como San Jupinero, Nosedive e Playtest, Charlie Brooker conseguiu a liberdade criativa que necessita para trabalhar suas ideias insanas dentro da série, que retorna com novos episódios em 2017.

 

2º Lugar- The Get Down

Essa produção ambiciosa da Netflix dividiu muito a opinião das pessoas ao redor do mundo. Algumas adoraram e outras falaram que a série não chegava à lugar algum. Mas a grande verdade é que The Get Down conseguiu acertar em tudo. Desde a escolha da época retratada ( Bronx nos anos 70), mergulhada nos primórdios do Hip-Hop, ao acerto na linguagem escolhida para contar essa história. Com um deisign de produção suntuoso e uma direção ágil e dinâmica. A série ainda consegue fundir muitos gêneros (comédia, drama, aventura e musical) sem cair na bagunça.

Para ler nossa crítica da série, clique aqui.

 

1º Lugar- Westworld (1º Temporada)

Produção da HBO, com Jonathan Nolan e Lisa Joy como roteiristas e ainda com J.J. Abrams na produção, é baseada no filme homônimo de 1973. Talvez uma das séries mais comentadas em 2016, Westworld cumpriu eficientemente o que havia previamente prometido: ser uma série que as pessoas comentariam muito nos fóruns da internet sobre suas teorias. Contando com um elenco fantástico e com um orçamento altíssimo para os padrões da Tv, a primeira temporada conseguiu manter um alto nível do seu ótimo episódio Piloto ao seu bombástico season-finale.

Para ler nossa crítica da série, clique aqui.

 

E para você? Quais foram as melhores séries do ano? Comente abaixo suas favoritas!

Comentários no Facebook