The Walking Dead S07E06- Crítica

Avaliação: 1.5 Stars (1.5 / 5)

Todos nós que assistimos Walking Dead estamos cansados de saber que os showrunners usam o artifício de separar os episódios por núcleos unicamente para prender o espectador e atingir altos níveis de audiência. E que na maioria das vezes o que eles nos mostram por núcleo não justifica a escolha por utilizar um capítulo inteiro para isso. Mas esse sexto episódio parece ter chegado ao fundo do poço: é sem dúvidas  um dos piores episódios de The Walking Dead desde o início. E isso não é pouca coisa.

Nessa sexta semana acompanhamos onde Tara e Heath foram parar depois de tanto tempo sem aparecerem. E descobrimos que Tara foi parar em uma comunidade ainda não apresentada ao público: Oceanside. Ainda tomamos conhecimento que esse grupo tem uma ligação com os salvadores (quem assistiu sabe qual é), e que ele é formado apenas por mulheres e elas matam praticamente qualquer pessoa que se aproxime de seu acampamento.

Oceanside, como o próprio nome diz, localiza-se no litoral, e no início ficamos com uma alívio de podermos ver outros ambientes senão aqueles mesmos que vemos há umas 3 temporadas. Com uma bela fotografia nas áreas externas e com uma trilha sonora que invoca um certo suspense enquanto Tara aproxima-se do acampamento das mulheres, há alguns bons momentos nesse início. Mas caem por terra em meio à diálogos tenebrosos (coisa que a série sempre foi péssima), e situações totalmente desinteressantes. Com exceção do fato desse grupo poder se tornar um provável aliado ao grupo de Rick em uma possível guerra contra os salvadores no futuro e do mistério do destino que Heath tomou ao fim do episódio, foi muito pouco para uma série que estava precisando se provar nessa temporada. A sensação é que eles escrevem dois grandes eventos por grupo de 8 episódios: um no início e um no final, e nesse meio tempo eles não conseguem mantar o interesse. Claro que não queremos ação desenfreada toda semana, mas se é para preparar o terreno, que escrevam ao menos diálogos que cheguem em algum lugar, e não as frases horrorosas que saem das bocas da maioria dos personagens toda semana. #SaudadesHershel.

Está todo mundo reclamando e a audiência caindo gradativamente. Se os roteiristas não derem o que o público quer ou não fazerem algo de qualidade, o final precoce da série poderá ser algo inevitável. Se além de mim, você que está lendo isso também acha que a série deve engrenar se não quiser ser esquecida, e que também acha que o Hershel era um dos poucos personagens que possuía bons diálogos, comente aí abaixo e use a Hashtag #SaudadesHershel.

E claro, curta nossa página no facebook e indique-a aos amigos!

Comentários no Facebook