5 grandes filmes dos anos 70 menos conhecidos do grande público

-Comboio Do Medo (1977)

comboio-do-medddoo

Depois de atingir o sucesso comercial com O Exorcista (1973),  William Friedkin resolveu filmar um remake do clássico francês O Salário Do Medo (1953), do  Henri-Georges Clouzot. Contando com um grande orçamento e com filmagens que duraram vários meses, o longa acabou sendo um fracasso de bilheteria na época. Ficando esquecido por algumas décadas, até que foi restaurado poucos anos atrás para blu-ray. Mesmo com isso, a qualidade do longa do Frieadkin é incontestável, chegando a ser considerado por muitos melhor até que sua obra original.

-Hardcore: No Submundo Do Sexo (1979)

hardcore

A industria pornográfica sempre foi um tema ardiloso para Hollywood. Entretanto, o diretor Paul Scharader foi fundo nas consequências do envolvimento com o mundo dos filmes eróticos nesse filme forte e contundente. O filme conta a história do próspero homem de negócios Jake Van Dorn (George C. Scott), que descobre que sua filha, Kristen Van Dorn (Ilah Davis) fugiu para Los Angeles. Ele contrata um detetive particular, Andy Mast (Peter Boyle), para encontrá-la, mas acaba preocupando-se ainda mais quando não recebe notícias de ninguém. Mesmo não sendo tão obscuro quanto o mundo do pornô, Hardcore: No Submundo Do Sexo é um belo drama e retratou bem a explosão do movimento nos anos 70.

-Johnny Vai À Guerra (1971)

johnny-vai-a-guerra

Esse é o primeiro e único filme dirigido pelo famosíssimo roteirista Dalton Trumboe só por esse fato o filme desperta um mínimo interesse. Um drama de guerra que conta a história de Johnny, que por conta de uma explosão enquanto lutava na guerra acaba perdendo todos os movimentos e praticamente todos os sentidos. Preso em uma cama de hospital, Johnny sofre sem poder se comunicar com ninguém. Toques de horror psicológico permeiam todo o longa, assim como a fotografia em preto e branco que realça mais ainda o tom  trágico do protagonista. Apesar de muito elogiado na época, o filme hoje parece um pouco esquecido do grande público, o que é uma pena devido à sua qualidade.

-Inverno de Sangue Em Veneza (1973)

inverno-de-sangue-em-veneza-longa-deve-ganhar-remake

Essa co-produção entre Itália e Reino Unido foi dirigida pelo Nicolas Roegque tem em sua filmografia longas como O Homem Que Caiu Na Terra (1976), e Convenção Das Bruxas (1990). Trata-se de uma mistura muito orgânica de suspense, terror e drama. Narra a história do  casal Laura (Julie Christie) e John Baxter (Donald Sutherland), que decide começar uma nova vida em Veneza, onde ele trabalhará na restauração de uma igreja. Lá os dois conhecem duas estranhas irmãs. Uma delas afirma ter contato com o espírito da criança falecida e avisa que o casal corre um sério risco em Veneza. John duvida, mas logo começa a ter misteriosas visões. Trazendo uma criação de suspense muito competente por parte da direção, e com uma fotografia e direção de arte fantásticas, o longa fez muito sucesso na época. Ainda conta com ótimas interpretações de Julie Cristie e John Baxter. Uma verdadeira aula de suspense e terror

Eraserhead (1977)

20160829022432mulher_no_radiador_em_eraserhead

Primeiro filme do diretor David Lynch, é também um dos seus filmes mais experimentais. Lançado de forma totalmente independente, essa mistura de suspense e fantasia tão característica do diretor começou a tomar forma logo em seu primeiro trabalho. O longa aborda uma desoladora cidade industrial onde vive Henry Spencer (Jack Nance). Ele tem uma namorada, Mary X (Charlotte Stewart), e um filho mutante que não para de chorar. Com uma fotografia em preto e branco lindíssima, e um clima totalmente onírico, Eraserhead tornou-se uma espécie de cult no final da década, com apreciadores como Stanley Kubrick e George Lucas.

Conhece mais grandes filmes esquecidos? Cite nos comentários e curta nossa página no facebook!

Comentários no Facebook