Jack White, Joe Bonamassa e Crobot- Mini Resenhas

Jack White- Acoustic Recordings 1998-2016 (2016)

O guitarrista norte-americano que já coleciona dezenas de projetos e álbuns lançados nos quase 20 anos de carreira lançou uma coletânea que cobre toda sua trajetória, seja no White Stripes, The Ranconteurs e na sua carreira solo. Formada por 26 músicas, todas no formato acústico. A capacidade de Jack White em passear por vários estilos e transformar o som e ainda soar homogêneo é impressionante. A mistura de Blues, Country, Rock, bluegrass e até um pouco de Soul e Gospel somada à sua voz pós-moderna rende músicas incríveis, apesar da simplicidade delas.

Uma das coisas legais desse trabalho é a fuga da obviedade, já que os grandes sucessos do White Stripes ficaram de fora para dar espaço à outras músicas mais “alternativas”. Os trabalhos se iniciam com o country cadenciado de Sugar Never Tasted So Good; a dançante Hotel Yorba é um dos momentos mais agitados do cd; City Lights é uma inédita, que tem um dedilhado de violão muito bacana; assim como Top Yourself, do Raconteurs, que é uma das melhores músicas que ele já criou.

Quem acompanha a carreira do Jack White não pode deixar de conferir esse apanhado geral de sua carreira. Para os ainda não iniciados, procurem primeiro os trabalhos dele do White Stripes, ou até mesmo de sua carreira solo.

Avaliação: 4 Stars (4 / 5)

Joe Bonamassa- Live At The Greek Theatre (2016)

Assim como Jack White, Bonamassa é incansável e lança material ao vivo praticamente todo ano. Assim como o dvd-bluray de 2015  Muddy Wolf at Red Rocks, Live At Greek… é outra grande homenagem do bluesman aos seus grandes mestres do estilo. Dessa vez foram três os escolhidos: Freddie King, Albert King e B.B King. Este último, recém chegado no céu, tem uma história com Bonamassa: o levou para abrir um de seus shows quando guitarrista tinha apenas 13 anos de idade, o mestre já sabia do potencial do garoto.

Em um repertório composto por 22 duas músicas, todas muito bem escolhidas por ele, o disco traz toda a capacidade de Bonamassa de se apropriar de músicas que não são dele e transformá-las em algo próprio e atual, ainda respeitando a estrutura e o espírito das composições originais. Apesar de todas as faixas serem bem executadas e soarem perfeitamente contemporâneas,os destaques vão para Let The Good Times Roll, I Get Evil, Pretty Woman, Lonesome Whistle Blues e I’ll Play The Blues For You. Mais um grande trabalho desse que é um dos melhores músicos em atividade. E tem gente que ainda diz que não há nada de bom e relevante hoje em dia na música…

Avaliação:  4 Stars (4 / 5)

Crobot- Welcome To Fat City (2016)

A banda de Hard Rock da Pennsylvania  ganhou bastante destaque com seu álbum de estreia Something Supernatural (2014). Passado o primeiro disco que é sempre complicado, a banda não deu trégua e partiu para o processo de composição de seu antecessor, que foi batizado de Welcome To Fat City. O som da banda é bem pesado e moderno, com algumas pitadas de Stoner Rock e até Metal Tradicional. Com grande destaque para as guitarras pesadas e o vocal potente de Brandon Yeagley.

A abertura fica por conta da faixa título, que já mostra a banda repetindo a fórmula de seu álbum anterior, e que conta com uma boa linha de baixo e um forte refrão. Easy Money é provavelmente a melhor faixa do disco e traz ótimas mudanças de andamento e ótima linha vocal. Um problema que vejo na banda é a falta de ousadia na estrutura de suas músicas. Mesmo contando com ótimos instrumentistas, o grupo parece ter medo de ousar e com isso Welcome To Fat City pode soar um pouco repetitivo, principalmente para quem já conhece seu álbum anterior. A balada  Moment Of Truth começa tentando algo distinto do resto do play, mas acaba falhando em seu desnecessário barulhento refrão.

Mesmo repetindo o que fez em Something Supernatural (2014), o Crobot ainda sim lança um bom disco, que vai agradar aos fãs da banda. Mas espero que no seu próximo trabalho a banda ouse mais e saia da sua zona de conforto, pois talento os caras têm de sobra.

Avaliação:  3.5 Stars (3.5 / 5)

Curta nossa página no facebook clicando AQUI.

Comentários no Facebook